Cimeira Ibérica: Portugal e Espanha comprometem-se a promover as línguas ibéricas

É que estaremos a conseguir alguma coisa?

Zamora, Espanha, 22 Jan (Lusa) – Portugal e Espanha comprometeram-se hoje a avançar com o ensino do português em Espanha e do espanhol em Portugal, num processo que os primeiros-ministros dos dois países classificaram como de particular importância.

Num primeiro passo formal desta estratégia, o Ministério da Educação português e a Junta da Extremadura (Espanha), assinaram hoje em Zamora um memorando de entendimento para a introdução do Português como língua Estrangeira de opção curricular no sistema educativo daquela comunidade autónoma espanhola.

O acordo, assinado na 24ª Cimeira Ibérica, que decorreu esta manhã nesta cidade espanhola, estipula que a Junta da Extremadura se compromete a adoptar todas as medidas necessárias para que o Português se torne língua de opção e avaliação curricular nos estabelecimentos de ensino do seu território.

Para o primeiro-ministro português, José Sócrates, trata-se de um acordo de “grande significado, importância e simbolismo”.

“O ensino do espanhol em Portugal e do português em Espanha representa um avanço da maior importância, do ponto de vista das políticas culturais dos dois países”, afirmou na conferência de imprensa de encerramento da cimeira.

“Isto honra a nossa histórica e o diálogo político que encetámos há já tantos anos”, afirmou.

Também o primeiro-ministro espanhol, José Luís Rodríguez Zapatero, destacou a importância do acordo afirmando que os dois Governos partilham de uma “vontade firme” de “fazer valer, de forma conjunta, o que representam a língua portuguesa e o castelhano no mundo”, onde são falados por mais de 650 milhões de pessoas.

Zapatero garantiu que é “desejo e vontade do espanhol” que a iniciativa já concretizada com a Extremadura seja agora “impulsionada noutras comunidades autónomas ou em áreas de determinadas comunidades autónomas”.

“É uma boa notícia, representa uma visão compartida do futuro. O apoio recíproco ao espanhol e ao português é muito enriquecedor para os dois países, para as duas línguas e para os dois povos”, disse Zapatero.

Puntos de vista en Lusofolia

NOTICIAS RELACIONADAS:

2 Respostas

  1. Carmen, o meu nome é Eduardo Lobão, e sou jornalista da Agência Lusa, em Lisboa. Nos dias 2 e 3 de Fevereiro estarei em Badajoz para várias reportagens sobre a língua portuuesa. Será possível falar consigo? Meu email elobao@lusa.pt.
    Cumprimentos

  2. Sou professora de português com larga experiência profissional, inclusivé leccionei a língua portuguesa em badajoz. .Gostaria de saber como entrar na escola de idiomas para poder leccionar português em Badajoz.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: