A aventura dos Descobrimentos portugueses

O Instituto Camões, nesta fase de renovação de conteúdos pela que atravessa há já alguns tempos, oferece agora uma outra coleção de livros do Expresso em formato digital, para ler e ouvir,  motivador e atrainte,  “A aventura dos Descobrimentos“, para uma aproximação lúdica à história de Portugal. Uma fantástica viagem pelos melhores percursos históricos portugueses:

A aventura dos Descobrimentos

  • À conquista de Ceuta.
  • Madeira, terra à vista.
  • Açores, as nove ilhas do Atlântico.
  • Bojador, o fim do mundo.
  • Andando pela costa de África.
  • Das Tormentas à Esperança.
  • Os donos do mundo.
  • Índia, terra das cores e dos sabores.
  • Brasil, a terra de Vera Cruz.
  • Japão, terra do Sol Nascente.
  • Rota da India.
  • Os portugueses, Macau e a China.

As ilustrações são de André Letria e a música de José Afonso.

Ver também a coleção “Era uma vez um rei“.

Anúncios

Brasil

Para professores EJA:

Era uma vez um rei… Centro Virtual Camões

O Centro Virtual Camões há algum tempo que renovou os conteúdos antigos e criou novas seções de grande interesse para os professores de português língua estrangeira. Desta vez ocupam-se dos mais pequenitos, e oferecem a versão digital da colecção do ExpressoEra uma vez um rei“. São histórias dos reis de Portugal adaptadas ao público infantil como se fossem contos, acompanhados de belas ilustrações, áudio, e canções, o que converte este recurso em magníficos audolivros. Muitos parabens ao CVC pela iniciativa!

Também é possível realizar um teste sobre Afonso Henriques elaborado pelo IC.

Ir ao livro digital A aventura dos Descobrimentos

Ikariam, para conhecer a história da antiguidade

Ikariam é um jogo de estratégia online gratuito para vários jogadores ambientado na antiguidade. Há que fundar e dirigir uma “polis” numa das ilhas de um arquipiélago. Cada isla possui de las islas de un archipiélago.

Existem cinco recursos distintos distribuidos pelas ilhas:
Material de Construção, Vinho, Mármore, Cristal e Enxofre.

Durante todo o jogo vais Materiais de Construção – contrata trabalhadores a fim de obter Materiais de Construção e expandir os Depósitos de Recursos em conjunto com os outros jogadores na ilha! O jogo está em 18 línguas.

Viagem de Vasco da Gama e outros recursos

Na linha do site de História de Portugal descrito numa entrada anterior deste blogue apresentamos nesta ocasião uma aplicação interactiva muito interessante sobre a Viagem de Vasco da Gama, ilustrada para crianças e com som, mas também muito agradável para os adultos conhecerem de uma forma atraínte a epopéia deste navegante português. Foi elaborado no 2004 pelo Centro de Competência Nónio Séc. XXI da ESE de Santarém.

Outros trabalhos da ESE de Santarém:

  • Eu sei: um portal de jogos e actividades (38 tipos diferentes) para todas as áreas/disciplinas do 1º e do 2º ciclos do Ensino Primário e para o Jardim de Infância
  • Uma aventura na União Europeia: confronta os alunos com situações de pesquisa e selecção de informação na Internet que lhes permitem um melhor conhecimento dos Países e dos povos da União Europeia (Europa dos 15). Os participantes que concluírem com êxito esta aventura poderão adicionar o seu nome a um «Hall of Fame».
  • Bioquest: propõe actividades de reflexão sobre questões controversas actuais relacionadas com a ciência e a tecnologia.

História de Portugal

Uma atractiva página interactiva com muito conteúdo: História de Portugal – Cronologia (cerca de 2400 acontecimentos) Documentos (cerca de 300) Personagens (cerca de 200), Dicionário (cerca de 1250 conceitos ou vocábulos), Histórias, Curiosidades e Lendas (cerca de 60), Passatempos e Concursos (cerca de 400), Imagens (cerca de 750)

Porque bebem chá os ingleses?

Conta a lenda que, por volta de 2737 a.C., o imperador chinês Shen Nong, conhecido por suas iniciativas como cientista e patrono das artes, lançou a ideia de que beber água fervida seria uma medida higiénica – e estava certo. Durante uma viagem, deixou cair acidentalmente algumas folhas na água que estava a ser fervida. Ficou encantado com a mistura, bebeu-a e achou-a muito refrescante. O chá tinha sido criado!
Só depois de ser espalhado na Europa, essencialmente pela mão dos portugueses, o hábito de tomar chá (às cinco horas) foi introduzido em Inglaterra, também pela mão de uma portuguesa, Catarina de Bragança, filha de D. João IV de Portugal que casou com Carlos II de Inglaterra em 1662. Terá levado no seu dote uma arca de chá da China, instituindo o seu uso na corte.
Aplicação interactiva para conhecer o Reino Unido (em inglês e português).