Viagens literarias

O objectivo desta página é reunir uma série de recursos pensados para as aulas de Língua Portuguesa do Ensino Básico e Secundário motivados pelo Google Earth e pelo site Google Lit Trips.

Posters virtuais com Glogster

O Glogster é uma ferramenta da web 2.0 que nos permite criar posters interactivos on-line que incluem textos, imagens, vídeos, música e mais. O mais interessante é que dispõe de uma versão educativa onde podemos inscrever os nossos alunos e trabalhar com eles dentro da nossa conta de professor, como sala de aula virtual, de maneira individual o partilhando os esforços. É uma maneira criativa e que permite engajar os alunos na presentação de trabalhos de temáticas muito variadas no ensino do português. Veja um interessante exemplo pulsando na imagem.

Glogster

Nuvens de palavras

As tags são um dos elementos web 2.0 por antonomásia. A aplicação Wordle constrói belas nuvens de palavras a partir de textos, orações ou palavras escolhidas pelos usuários.

Uma das possibilidades é incluir o endereço de um blogue ou de marcadores delicious e a aplicação seleciona as palavras mais frequentes. Eis como fica a nuvem deste blogue.

Nuvens

Entre outras coisas interessantes, Wordle permite várias resoluções e imprimir o resultado direitamente, pelo que depois também as imagens podem ser modificadas.

É evidente a utilidade do Wordle para realizar actividades simples mais motivadoras e muito didácticas para aprender léxico nas aulas de português língua estrangeira. São inúmeras as possibilidades. Uma actividade fácil de se realizar é a que planteia o blogue Cá e lá “as palavras portuguesas preferidas da nossa turma”.

Outra actividade interessante seria fazer “mini-dicionários” com vocabulário organizado por áreas léxicas ou campos semánticos, como as partes do corpo, os países da Europa, os números cardinais ou qualquer outro que nos ocorra.

Um modelo de actividade para um nível avançado poderia ser assim:

Um poema de Florbela Espanca:

Em ti o meu olhar fez-se alvorada,

E a minha voz fez-se gorgeio de ninho,

E a minha rubra boca apaixonada

Teve a frescura do linho

O Wordle suprime as palavras de pouca estensão e cria um bonito quebra-cabeças que os alunos deverão reconstruir de maneira livre.

Florbela

Pediriamos aos alunos reconstruir o poema. Seguramente os ressultados serão muito diferentes. Será interessante contrasta-los com o original e acrescentar alguma outra actividade para conhecer a biografia da escritora alentejana e assim introducir conteúdos culturais.

Projecto MiLP (Meios interactivos na língua portuguesa)

Uma equipa de profissionais, com experiência na integração das tecnologias no ensino e no trabalho de investigação, abarcando todos os níveis de ensino e também a perspectiva do português como língua estrangeira, criou este projecto de Meios interactivos na língua portuguesa com o  objectivo fundamental de partilhar actividades.  A apresentação de sugestões de utilização dos meios interactivos, ligados directamente aos conteúdos e competências da Língua Portuguesa, permite ter da tecnologia uma visão mais próxima e estimula a criatividade no seu uso. As actividades são divulgadas num blogue desde Outubro de 2008 e coordenadas pelo doutorando da Universidade do Minho Luís Pereira.

 Meios interactivos na Lingua Portuguesa

Meios interactivos na Língua Portuguesa

Ferramentas para criar actividades didácticas

Criar cómics: A expressão escrita pode ser mais motivadora usando uma ferramenta da web 2.0: as que geram quadrinhos. Fáceis de usar, gratuitos, com muitos recursos para fazer mais atrainte a tarefa de criar situações para a escrita na aula de português (clic sobre a imagem).

Elaborar actividades online

  • Atenex: plataforma para a criação e gestão de materiais multimídia interactivos e para a a avaliação do processo de aprendizagem. Ver exemplo.
  • O clássico JClic, software educativo e colaborativo para elaborar actividades e unidades didácticas. Tem uma zona onde descarregar apliações feitas por outros docentes, algumas em português.
  • LIM: aplicação para criar materiais educativos interactivos em formato de livro. Ver exemplo.
  • Cuadernia, outra ferramenta educativa para criar actividades didácticas em forma de cuadernos digitais. Programa e actividades podem ser descarregados ou usados online. Ver exemplo.
  • Ardora: aplicação informática para criar actividades (34 tipos diferentes: palavras cruzadas, sopas de letras, completar, paneis gráficos, relógios, etc. Ver exemplo (em galego).
  • The Game-O-Matic. Ferramentas para gerar diferentes exercícios online para as aulas de idiomas.
  • WebAuthor . Gera vários tipos de exercícios online.
  • Puzzle maker. Para criar puzzles, sopas de letras, palavras cruzadas, laberintos, etc. Permite imprimir os ressultados ou salvá-los como imagem.

TESTES:

  • Quizquilla: Gerador de quiz online. Também permite responder testes já elaborados por outras pessoas, mas a maioria estão em inglês.
  • Content generator: testes e outras aplicações em formato flash.
  • Gerador de testes

Cartões:

Cartazes

Flashcards

Sopas de letras

Sinais de Trânsito

Como complemento ao trabalho com os meios de transporte, esta canção é óptima para consolidar questões de educação vial. Podemos também trabalhar as formas, as cores, a localizalização, questões gramaticais (uso do imperativo…).

SERAFIM & COMPANHIA – Pela Estrada Fora

Versão original em espanhol: El auto de papá

Sites para trabalhar o tema

Navegar com segurança é um jogo de crianças

O jogo Na Floresta ajuda as crianças a navegar com segurança de uma maneira divertida. Este jogo do Conselho de Europa (em 14 línguas, entre elas o português) está pensado para miúdos entre os 7 e os 10 anos. O Conselho de Europa tem trabalhado com crianças e adultos para aumentar a segurança da Internet. Esta organização na que estão incluidos 47 países foi a primeira a lutar contra o crime na Internet. O jogo foi desenvolvido dentro do programa. «Construir una Europa para e com as crianças» do Conselho. Contos de fadas guiam as crianças através de um laberinto de perigos potenciais até a cidade fabulosa «E-city».

Contos para jovens seguros on-line:

  • Floresta infinita: conta a história de Nicolau, uma criança com 9 anos de idade, que está a aprender a utilizar o computador e o correio electrónico. A história conta às crianças o que é a Internet e o que pode ser feito com ela, entre outras coisas. Ao mesmo tempo, é ensinado que a Internet também inclui alguns perigos contra os quais os utilizadores se devem proteger.
  • Os novos amigos da Ana: continuação da história Floresta Infinita, cuja personagem principal é Ana, a prima do Nicolau. A história aborda a natureza pública da Internet, o comportamento na Internet, a publicação de imagens e os direitos de autor.
  • O grupo de Roma: Ema, que faz parte do grupo de teatro da escola, recebe um documento de um amigo que conheceu num chat. A história aborda os direitos de autor, a protecção dos computadores e o significado das senhas.
  • Complicações e incidentes: pequenas histórias que tratam da exactidão das informações, das questões relacionadas com a publicação de fotografias e de textos, de encontro entre pessoas que se conheceram on-line e das redes peer-to-peer na Internet.

Mais jogos educativos em português:

Actividades de língua e cultura portuguesa + TIC

Uma das primeira actividade numa aula de português língua estrangeira e identificar-se e identificar os outros. São clássicos os exercícios com o verbo ser e chamar-se.

Nesta ocasião, duas possibilidades enriquecidas com o uso das TIC e das ferramentas web 2.0:

1. Como te chamas? (I): arquivo em power point para descarregar com personagens célebres do mundo do futebol.

2. Como te chamas? (II): audiolivro onde se trabalham estas estructuras acrescentando conteúdo cultural com artistas portugueses: o músico alentejano Janita Salomé (na voz do próprio cantor e música original) o grupo musical Madredeus e a pintora Paula Rego. Um produto final que mistura a montagem fotográfica, o áudio, a informação cultural e a música (clic sobre a imagem para ver a actividade).

Já agora, no que diz respeito à música em língua portuguesa, no mundo inteiro é conhecida a grande qualidade e variedade da música brasileira. Não acontece a mesma coisa com a música portuguesa: apesar de ser um país pequeno, Portugal encerra uma mina de talentos musicais excepcionais (como é o caso de Janita) que infelizmente poucas vezes trespassan as fronteiras do país. Nem no Brasil, que partilha língua e muitas raízes culturais, conhece-se bem a música portuguesa. É pena, não é? Os professores de português como língua estrangeira podem fazer muito para mudar este desconhecimento, introduzindo nas suas actividades didácticas conteúdos musicais e culturais de qualidade.

Outras actividades relacionadas com a música portuguesa:

Actividades relacionadas: O meu passaporte (identificar-se e pedir dados pessoais)

Janita Salome e Sara Tavares: Cancões de Embalar – Matita


Livros virtuais

Uma ferramenta Web 2.0 para elaborar livros virtuais de maneira muito simples é Issuu. Qualquer documento em formato pdf pode ser convertido a livro digital com un aspecto atrainte como este:

Também os alunos podem convertir os seus trabalhos em livros digitais, o que estimulará muito a produção e a colaboração. Por exemplo, fazer um album de fotos comentadas de alguma saída didáctica, é um procedimento fácil que terá um ressultado espectacular.

Viagem de Vasco da Gama e outros recursos

Na linha do site de História de Portugal descrito numa entrada anterior deste blogue apresentamos nesta ocasião uma aplicação interactiva muito interessante sobre a Viagem de Vasco da Gama, ilustrada para crianças e com som, mas também muito agradável para os adultos conhecerem de uma forma atraínte a epopéia deste navegante português. Foi elaborado no 2004 pelo Centro de Competência Nónio Séc. XXI da ESE de Santarém.

Outros trabalhos da ESE de Santarém:

  • Eu sei: um portal de jogos e actividades (38 tipos diferentes) para todas as áreas/disciplinas do 1º e do 2º ciclos do Ensino Primário e para o Jardim de Infância
  • Uma aventura na União Europeia: confronta os alunos com situações de pesquisa e selecção de informação na Internet que lhes permitem um melhor conhecimento dos Países e dos povos da União Europeia (Europa dos 15). Os participantes que concluírem com êxito esta aventura poderão adicionar o seu nome a um «Hall of Fame».
  • Bioquest: propõe actividades de reflexão sobre questões controversas actuais relacionadas com a ciência e a tecnologia.

Contributos dos blogues amigos

Depois de dar uma volta pelos blogs indicados na Campanha da amizade, deixo cá os post que mais gostei:

_________

No site Virtual Books Online pode fazer o download de vários clássicos da literatura infantil, em formato PDF, que depois poderá ler através do Adobe Acrobat Reader. Tem à sua disposição títulos como O Pequeno Polegar, Aladino e a Lâmpada Maravilhosa, o Patinho Feio, etc.

A oficina do Tio Lunetas

_____________


Veja a apresentação deste buscador.
Ecoogler nasceu ante o grave problema que se avizinha: o desmatamento. Por essa razão, nós criamos este buscador, e sempre que você faz uma busca, estará doando 1 folha para repovoar as florestas. Doar uma folha é simbólico, porque a cada 1.000.000 de folhas serão doadas sementes que se tornarão, árvores, ferramentas, roupa do trabalho a diferentes associações ecologicas, de modo que a Amazônia e as florestas sejam amplamente repovoadas. Ecoogler usa a tecnologia de busca do Google.
A conferir!

Ecoogler nació ante el grave problema que se nos avecina: la deforestación. Por eso creamos este buscador , y cada vez que tu hagas una busqueda en nuestro buscador estarás donando 1 Hoja para repoblar los bosques. El donar una hoja es una forma simbólica , pues cada 1.000.000 de hojas donadas se hará una donación de semillas , árboles , herramientas , ropa de trabajo a distintas asociaciones ecológicas para que puedan repoblar el amazonas y los bosques de todo el mundo. Ecoogler utiliza la tecnologia Google Custom Search. Ecoogler muestra los mismos resultados que google.com , por tanto te animamos a que uses ecoogler y además de buscar lo que necesites estarás ayudando a repoblar los bosques.

Lousa Digital

_____________

Este blog foi indicado pela Professora Jenny, do Blog O PC e a Criança, para o Prêmio Blog com Tomates. Este prêmio, uma iniciativa da blogueira Brit. com, considera um blog com tomates, aquele que luta pelos direitos humanos.Por isto, agradeço muitíssimo à colega Jenny pela indicação.
Como este blog foi premiado, preciso nomear outros cinco,que tenham também o objetivo de lutar pelos Direitos Fundamentais dos Seres Humanos.
Como não posso escolher todos aqueles que lutam pela educação neste país, passo o prêmio aos colegas:
1-Andréa de Carli, pelo trabalho de inclusão que vem realizando em seu blog

2- Crissy Sleimann do Blog Educação Digital, por difundir conhecimentos sobre Educação e Direito Digital

3- Lilian, do Blog Discurso Citado , pela diversidade de temas educacionais em seu blog

4- Míriam Salles, por compartilhar tantas informações em seu blog.

5- Adriane, do Reflexão de Professores, por ter um espaço de discussão

Como meu outro blog também foi tomatado, tem uma outra lista de colegas, por lá.

Internet y web na educação

________

Sites para trabalhar o Dia do Índio


Ciberespaço na Escola

Campanha da amizade

A nossa amiga Leonor Cordeiro, do blogue “O MUNDO ENCANTADO DE CECÍLIA MEIRELES” ganhou o selinho da campanha da amizade, e o enviou também para este blogue. A sua lista é esta:


INSTRUÇÕES:

Apanhe o selo no Gospel Gifs, nomeie 10 blogs amigos e visite cada um deles avisando da nomeação. Se você foi nomeado por alguém, passe adiante e visite os outros nove blogs que foram nomeados junto com você. Ao repassar a campanha, pode copiar o texto acima ou criar o seu próprio texto. O importante é não esquecer de avisar onde se encontra o selo e de nomear os seus 10 blogs amigos.

Estes são os meus dez candidatos:

As refeições em Portugal

O formato power point admite muitas variantes. Podemos, por exemplo, tirar muito proveito criando jogos que acrescentem interesse e motivação aos conteúdos tratados nas aulas de português como língua estrangeira.

Apresentamos um teste sobre os costumes culinários em Portugal: Como comem os portugueses? O professor/a interessado/a pode variar as perguntas e até modificar o teste para o português do Brasil.

Possíveis variações: pode servir-nos para apresentar ou repassar léxico, estructuras gramaticais, conteúdos culturais, etc. Pode ser elaborado pelo professor ou pelos estudantes. Neste último caso, permite a aplicação de técnicas de trabalho cooperativas. Deixamos o power point original para criar testes no seguinte link:

Aprender português com podcast

Um podcast é um arquivo de som, normalmente em formato mp3, que pode ser descarregado da Internet ou que nós próprios podemos gravar no computador com programas como o Audacity e outros dispositivos. O termo foi criado em 2004 pelo jornalista Ben Hammersley, nas páginas do jornal britânico The Guardian, quando misturou os termos “pod” (contração da locução portable device, que significa reproductor portátil) e broadcasting (difusão).

Seria muito interessante ver o uso didático dos podcast na sala de aula, podcast feitos pelos professores para os seus alunos. Mas neste artigo falaremos só dos podcast feitos por particulares ou instituições para aprender línguas.

Os podcast estão a mudar o ensino de línguas estrangeiras. É um modelo de ensino muito conectado com o estilo de vida actual: língua oral (apoiada na maior parte dos casos pelos textos), produzida por falantes nativos que falam de maneira natural e real, ao contrário dos métodos das editoras, criados artificialmente. Podem ser ouvidos a qualquer momento e muitas vezes permitem o contacto com as pessoas que os elaboram. A maioria são gratuitos, ou pelo menos mais baratos do que os cursos tradicionais.

O número de podcast destinado a ensinar línguas cresce cada dia, em todas as línguas, mesmo as menos faladas (ver Podbean). Será o podcast o futuro do ensino das línguas?

Há também desvantagens, porque estas páginas não permitem a interação e podem (e em muitos casos é mesmo assim) ser feitas por não profissionais, com uma metodologia desfasada, baseada na repetição de léxico e estructuras. No entanto, sempre podem servir como reforço. Já algumas instituições públicas como o Goethe-Institut ou o British Council começaram a aproveitar estes canais com fins didáticos.

EXEMPLOS EM PORTUGUÊS

PODCAST EDUCATIVOS

PODCAST DE INTERESSE:

Excursões didácticas – Trabalhos de projecto

Foi demostrado que uma das melhores prácticas de aula para desenvolver as competências são os os trabalhos de projecto. Num projecto, os alunos realizan sequências didácticas à elaboração de um producto final, ou seja, as actividades ganham sentido e aumenta a motivação. As TIC podem integrar-se enquanto o projecto é desenvolvido (para procurar a informação, tratá-la, classificá-la, organizá-la..). ou como producto final. Por exemplo, os alunos podem fazer como producto um mapa online (Geotagging, Google maps, Panoramio, FlickrFly, Tagzania, Zooomr, GMiF- etc. ou por méio de fotoblogues que os integram, como o recém-nascido Nirudia.

Programa para captura de vídeos: Camtasia/ Conversor de ficheiros: Zamzar. Software livre

cam.gif

A Techsmith decide agora disponibilizar de forma gratuita a versão 3 do Camtasia Studio, que permite fazer captura de vídeo a partir, por exemplo, do que se está a passar no ecrã. É muito útil para demonstrar como se usa determinado software (ou webware). Para além da captura de vídeo é ainda possível incluir narração (recorrendo a um microfone ou ao som das colunas) ou ainda vídeo de uma webcam. Esta versão traz um add-in para o Power Point, permitindo usar uma apresentação (já feita) e incluir narração, produzindo um vídeo. A edição é também um dos pontos fortes do Camtasia Studio. Podemos incluir imagens, efeitos de transição das sequências de vídeo, destacar elementos ou locais do vídeo, inserir legendas, inserir questões (escolha múltipla, por exemplo). Depois de criado o vídeo há a possibilidade de o disponibilizar em vários formatos: MP3, iPod video, Flash (SWF and FLV), AVI, Silverlight, compatible WMV, QuickTime (MOV), RealMedia (RM), Animated GIF, Executable (EXE)). Para o ambiente web, o flash é o mais aconselhado. Pode ainda fazer-se um CD ou uma página web usando vários vídeos e um menu produzido com o Camtasia Studio. A chave do programa deve ser pedida aqui depois de feito o download da aplicação aqui. (cerca de 28 MB). Ficam assim com a versão legalmente registada.

zamzar-logo1.jpg

O Zamzar é uma ferramenta que permite converter ficheiros usando apenas o browser e sem instalar nada. Basta escolher o ficheiro original, que tem de ter menos de 100 Mb, depois escolher o formato para o qual queremos converter e deixar o email onde iremos receber o link do ficheiro convertido. Existem vários formatos de imagem, texto, música e vídeo que se podem escolher.

 

Do blogue de José Oliveira

SOFTWARE LIVRE

Para elaborar materiais didácticos relacionados com a aprendizagem de software, especialmente nos cursos virtuais, os “vídeos demostrativos” são muito úteis e apreciados pelos alunos Estes vídeos reproduzem uma sequencia de acções gravadas pelo professor directamente do seu computador e podem ser enriquecidos com arquivos sonoros (voz em off para descrever as fases de realização) ou etiquetas de texto para conduzir o processo. Existem algumas aplicações de software livre que permitem criar vídeos demostrativos: CamStudio y Wink.

  • CamStudio permite registar qualquer actividade no ecrã e acrescentar sons. Gera arquivos em formato .avi o .swf (Flash).
  • Wink é também software livre, multiplataforma (Windows e Linux) e regista sons. Gera arquivos Flash/html, executáveis (.exe) e .pdf (para imprimir), bem como diversos formatos de imagem fixa (BMP/JPG/PNG/TIFF/GIF).

São fáceis de usar e geram recursos educativos realmente práticos e atraentes.

Webquest em português

As webquest são actividades com materiais didácticos web para os alunos pesquisarem sobre un tema com uma metodología de aprendizagem constructivista, com actividades contextualizadas e motivadoras, disponibilizadas na Web, propostas por professores. O conceito de webquest foi desenvolvido em 1995 por Bernie Dodge, professor de tecnologia educacional da San Diego State University (SDSU), nos Estados Unidos. O seu artigo, posteriormente publicado em The Distance Educator, Some Thoughts About WebQuests, desenvolve as suas ideias. Esta metodologia tem grande sucesso nos EUA, e rapidamente propagou-se pelo mundo todo, mas com especial intensidade no Brasil. A webquest vem sendo reconhecida como uma opção valiosa quando se pretende integrar a Internet de forma produtiva na escola. É o que aponta o artigo Integrating the Internet into the Curriculum: Using WebQuests in Your Classroom.


Portal de Bernie Dodge

Portais de webquest

Ferramentas

  • PhPWebQuest EscolaBR: Ferramenta gratuita para criar e publicar webquests.
  • Oficina de webquest : (espanhol) como fazer uma web fase a fase.

  • Criador de Webquest: (espanhol) ferramenta gratuita com variadas funções: posibilidade de subir arquivos, imagens, tratamento de imagens online, personalizar a interface das páginas… Revisa as webquest antes da publicação, o que oferece garantias de qualidade e respeito à metodología webquest.
  • PHP Webquest: (espanhol) ferramenta criada por Antonio Temprano, para criar e publicar webquest de maneira simples, sem conhecimentos técnicos. Tambem permite a criação de miniquest e caças ao tesouro.
  • Instant Webquest: (inglês) gerador de webquest, a partir da informacão que introduce o professor. Cria todos os arquivos necessários e hospeda-os automáticamente em um servidor web gratuito. Para criar e publicar WebQuest na Internet.
  • Using a webquest in your classroom: (inglês) como escrever uma webquest de qualidade.

Exemplos de Webquest em português:

  • Wequest do Núcleo Minerva (Portugal): óptimo site de produção própria de webquest, que se oferecem organizadas por níveis e áreas temáticas.
  • Webquest para 1ª do Ensino Básico: Webquests sobre a natureza, os animais e o corpo humano.
  • Webquest em Português: colectânea mista de webquest elaboradas em Portugal e Brasil sobre muitos temas: formação de Professores, geografia, história, literatura…
  • SENAC Webquest (Brasil): variada colectânea de webquest classificadas por áreas temáticas e comentadas.
  • Celebração no mundo: WebQuest com duas versões: inglês e português, propondo investigação sobre celebrações nacionais em países de língua inglesa.
  • Uma viagem no vaivém Giraldo: Giraldo é uma máquina do tempo. A proposta é a de retornar ao ano de 1166, um período importante para a cidade de Évora e para Portugal.
  • À (Re)descoberta do Brasil: Aventura que tem como ponto de partida a carta de Pero Vaz Caminha. Os alunos devem escolher o papel de navegador, cronista, desenhista de quadrinhos, encenador teatral ou índio para caracterizar pontos de vista da descoberta.
  • Webquest Animais domésticos/selvagens: Para conhecerem e distinguirem os animais.
  • A bolina: As Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no ensino. Ideias e Materiais. Projectos e Actividades na área do estudo do meio. As Ciências Experimentais.
  • A vida dos insectos: A vida dos insetos, uma webquest em português para aprender o inglês.
  • Webquest sobre Florbela Espanca.

Exemplos de Webquest adaptadas

Bibliografía sobre webquest (español y catalán)

Professor 2.0 – Ferramentas da Web 2.0 para a educação (IV) – Comunidades de troca e aprendizagem lingüistico

ITAKI.com
Uma aplicação social, para intercambiar entre os interessados na aprendizagem de idiomas e criar comunidades, para practicar a língua ou para encontrar recursos (podcasts, webs, vídeos, diccionarios, etc.) en diferentes línguas, entre elas o português.

 

 

Qual língua deseja aprender?


Friendsabroad , Soziety, Place4langs, Welang, Huitalk ou TalkConmigo são outras comunidades parecidas.

Professor 2.0 – Ferramentas da Web 2.0 para a educação (III). A Amália, o Luis e a tia Anica

Outro site onde poder fabricar os nossos pequenos vídeos com personagens virtuais: com voz pré-gravada, con voz real ou u até com uma música. Os alunos vão adorar.

voki.gif

Ouvir os arquivos

Ver exemplos de uso didáctico noutras línguas

Professor 2.0 – Ferramentas da Web 2.0 para a educação (II). Um exemplo de Audio-livro em português

Uma exemplo da aplicação da Web 2.0, Voice Thread: fabricar montagens próprias com foto e som, com formato de áudio-livro, um recurso muito simples de se fazer com os alunos e com muitas possibilidades didácticas. A maioria são em inglês, não há muitos em português, vamos mudar essa realidade!!

rui.jpg

Ver o audio-livro