Actividades de língua e cultura portuguesa + TIC

Uma das primeira actividade numa aula de português língua estrangeira e identificar-se e identificar os outros. São clássicos os exercícios com o verbo ser e chamar-se.

Nesta ocasião, duas possibilidades enriquecidas com o uso das TIC e das ferramentas web 2.0:

1. Como te chamas? (I): arquivo em power point para descarregar com personagens célebres do mundo do futebol.

2. Como te chamas? (II): audiolivro onde se trabalham estas estructuras acrescentando conteúdo cultural com artistas portugueses: o músico alentejano Janita Salomé (na voz do próprio cantor e música original) o grupo musical Madredeus e a pintora Paula Rego. Um produto final que mistura a montagem fotográfica, o áudio, a informação cultural e a música (clic sobre a imagem para ver a actividade).

Já agora, no que diz respeito à música em língua portuguesa, no mundo inteiro é conhecida a grande qualidade e variedade da música brasileira. Não acontece a mesma coisa com a música portuguesa: apesar de ser um país pequeno, Portugal encerra uma mina de talentos musicais excepcionais (como é o caso de Janita) que infelizmente poucas vezes trespassan as fronteiras do país. Nem no Brasil, que partilha língua e muitas raízes culturais, conhece-se bem a música portuguesa. É pena, não é? Os professores de português como língua estrangeira podem fazer muito para mudar este desconhecimento, introduzindo nas suas actividades didácticas conteúdos musicais e culturais de qualidade.

Outras actividades relacionadas com a música portuguesa:

Actividades relacionadas: O meu passaporte (identificar-se e pedir dados pessoais)

Janita Salome e Sara Tavares: Cancões de Embalar – Matita


Anúncios

Livros virtuais

Uma ferramenta Web 2.0 para elaborar livros virtuais de maneira muito simples é Issuu. Qualquer documento em formato pdf pode ser convertido a livro digital com un aspecto atrainte como este:

Também os alunos podem convertir os seus trabalhos em livros digitais, o que estimulará muito a produção e a colaboração. Por exemplo, fazer um album de fotos comentadas de alguma saída didáctica, é um procedimento fácil que terá um ressultado espectacular.

Campanha da amizade

A nossa amiga Leonor Cordeiro, do blogue “O MUNDO ENCANTADO DE CECÍLIA MEIRELES” ganhou o selinho da campanha da amizade, e o enviou também para este blogue. A sua lista é esta:


INSTRUÇÕES:

Apanhe o selo no Gospel Gifs, nomeie 10 blogs amigos e visite cada um deles avisando da nomeação. Se você foi nomeado por alguém, passe adiante e visite os outros nove blogs que foram nomeados junto com você. Ao repassar a campanha, pode copiar o texto acima ou criar o seu próprio texto. O importante é não esquecer de avisar onde se encontra o selo e de nomear os seus 10 blogs amigos.

Estes são os meus dez candidatos:

Excursões didácticas – Trabalhos de projecto

Foi demostrado que uma das melhores prácticas de aula para desenvolver as competências são os os trabalhos de projecto. Num projecto, os alunos realizan sequências didácticas à elaboração de um producto final, ou seja, as actividades ganham sentido e aumenta a motivação. As TIC podem integrar-se enquanto o projecto é desenvolvido (para procurar a informação, tratá-la, classificá-la, organizá-la..). ou como producto final. Por exemplo, os alunos podem fazer como producto um mapa online (Geotagging, Google maps, Panoramio, FlickrFly, Tagzania, Zooomr, GMiF- etc. ou por méio de fotoblogues que os integram, como o recém-nascido Nirudia.

Programa para captura de vídeos: Camtasia/ Conversor de ficheiros: Zamzar. Software livre

cam.gif

A Techsmith decide agora disponibilizar de forma gratuita a versão 3 do Camtasia Studio, que permite fazer captura de vídeo a partir, por exemplo, do que se está a passar no ecrã. É muito útil para demonstrar como se usa determinado software (ou webware). Para além da captura de vídeo é ainda possível incluir narração (recorrendo a um microfone ou ao som das colunas) ou ainda vídeo de uma webcam. Esta versão traz um add-in para o Power Point, permitindo usar uma apresentação (já feita) e incluir narração, produzindo um vídeo. A edição é também um dos pontos fortes do Camtasia Studio. Podemos incluir imagens, efeitos de transição das sequências de vídeo, destacar elementos ou locais do vídeo, inserir legendas, inserir questões (escolha múltipla, por exemplo). Depois de criado o vídeo há a possibilidade de o disponibilizar em vários formatos: MP3, iPod video, Flash (SWF and FLV), AVI, Silverlight, compatible WMV, QuickTime (MOV), RealMedia (RM), Animated GIF, Executable (EXE)). Para o ambiente web, o flash é o mais aconselhado. Pode ainda fazer-se um CD ou uma página web usando vários vídeos e um menu produzido com o Camtasia Studio. A chave do programa deve ser pedida aqui depois de feito o download da aplicação aqui. (cerca de 28 MB). Ficam assim com a versão legalmente registada.

zamzar-logo1.jpg

O Zamzar é uma ferramenta que permite converter ficheiros usando apenas o browser e sem instalar nada. Basta escolher o ficheiro original, que tem de ter menos de 100 Mb, depois escolher o formato para o qual queremos converter e deixar o email onde iremos receber o link do ficheiro convertido. Existem vários formatos de imagem, texto, música e vídeo que se podem escolher.

 

Do blogue de José Oliveira

SOFTWARE LIVRE

Para elaborar materiais didácticos relacionados com a aprendizagem de software, especialmente nos cursos virtuais, os “vídeos demostrativos” são muito úteis e apreciados pelos alunos Estes vídeos reproduzem uma sequencia de acções gravadas pelo professor directamente do seu computador e podem ser enriquecidos com arquivos sonoros (voz em off para descrever as fases de realização) ou etiquetas de texto para conduzir o processo. Existem algumas aplicações de software livre que permitem criar vídeos demostrativos: CamStudio y Wink.

  • CamStudio permite registar qualquer actividade no ecrã e acrescentar sons. Gera arquivos em formato .avi o .swf (Flash).
  • Wink é também software livre, multiplataforma (Windows e Linux) e regista sons. Gera arquivos Flash/html, executáveis (.exe) e .pdf (para imprimir), bem como diversos formatos de imagem fixa (BMP/JPG/PNG/TIFF/GIF).

São fáceis de usar e geram recursos educativos realmente práticos e atraentes.

Vídeos de Youtube para o nível inicial de português

Youtube permite criar contas onde podemos organizar os videos por temas. Eis a página de Músicas para crianças, uma seleção de vídeos com músicas onde podem aprender desde fazer perguntas com “8 anos” de Adriana Calcanhoto a cantar o alfabeto e aprender montes de palavras ou divertir-se com Pocoyo em português. E outra página, onde aparece uma lista de vídeos interessantes para o nível inicial de português. O formato de vídeo da Internet facilita o uso, são fragmentos de vídeos de corta duração que permitem uma fácil exploração. Criar uma lista como esta, adecuada aos nossos níveis e interesses é fácil. Só há que registar-se em Youtube e ir criando a nossa própria “antologia”. É uma boa maneira de criar hábitos colaborativos e de partilhar os recursos. Teachertube é a versão educativa de Youtube.

Para usar vídeos da Internet na sala de aula NÃO é preciso estar na Internet. Há programas que permitem descarregar os vídeos e usá-los:

Vídeos Portugal

Vídeos Brasil

ARTIGOS:

O vídeo é um excelente recurso para praticar a compreensão oral. As maneiras de usá-los são variadas. No seguintes artigo podemos ver como trabalhar com o vídeo na aula de idiomas.

Outro blogue no mundo do Português Língua Estrangeira

Damos a bem-vinda ao novo blogue da professora Eduarda, Português Língua Estrangeira, também dedicada há alguns tempos a divulgar a língua e a cultura portuguesa por terras da Extremadura espanhola. Este é o seu segundo blogue, mantém outro chamado A turma do CRA La Raya, que recolhe a sua experiência como professora nesta agrupação de escolas. Vale a pena visitá-los.